Faça Sua Avaliação
Receba o Resultado no Celular

Diabético Pode Usar Estimulante Sexual?

O Diabético é considerado um dos principais usuários de estimulantes sexual, devido a terem três vezes mais chances de desenvolver a problemas sexuais em decorrência dos danos causados pela Diabetes

Desde o final da década de 90, quando o sildenafil (Viagra) foi lançado que este método é utilizado para tratar a disfunção Erétil em homens com diabetes. Grande parte dos pacientes diabéticos, como qualquer outro Homem ainda relutam em falar abertamente de seus problemas de ereção em um consultório. O que resulta em falta conhecimento e tratamento adequado para Disfunção Erétil.

O Diabético Precisa Tomar Alguns Cuidados

Temos ainda o agravante que este grupo é mais propenso a desenvolver problemas cardíacos. O que dificulta a utilização de algumas classes de medicamentos e estimulantes. Podendo causar males graves se utilizados incorretamente.

Em média 60 a 70% dos homens poderão sofrer algum tipo de Disfunção Erétil. Devemos levar em consideração que grande parte dos homens que apresentam ou apresentaram algum sintoma de Distúrbio Sexual. Ja tomou medicamento por conta própria, o que gera um risco maior de saúde.

Porque Estimulantes são perigosos?

Os estimulantes nem sempre são seguros e indicados para pacientes com diabetes, é necessário acima de tudo um acompanhamento médico, onde somente um profissional qualificado poderá redefinir a melhor forma de tratamento para Disfunção Erétil.

Podem existir Fatores que impedem a obtenção dos efeitos desejados.

  • Efeitos Colaterais – Em alguns casos podem ocorrer efeitos graves e severos pela utilização sem a orientação correta.
  • Falta de Desejo Sexual – Este tipo de medicamento (Estimulantes), apenas facilitam a circulação sanguínea do pênis. Não funciona como Restaurador de Libido, ou seja, se houver falta de vontade, e não ter estímulo, não ocorrerá a Ereção completa.
  • Difícil Absorção – Grande parte do medicamento se perde nos Sulcos Gástricos Estomacais.
  • Psicológico – Vida Íntima afetada (relacionamento), ansiedade após período de abstinência longo, stress etc…

Em muitos casos, ter abertura para falar com um médico competente e principalmente dentro do relacionamento. Pode ajudar a resolver este problema e ter eficácia no tratamento.

Preencha nossa Avaliação Online!

  • Tags

  • Faça Sua Avaliação
    Receba o Resultado no Celular