Faça Sua Avaliação Grátis
Receba o Resultado no Celular

Impotência Sexual, saiba o que é, causas e como tratar

A impotência é um dos principais problemas de disfunção sexual no homem, também conhecida como disfunção erétil ou problemas de ereção, dificuldade de conseguir e/ou manter o pênis ereto, duro. Ela apresenta-se de duas formas características:

Impede o homem de alcançar uma ereção;
Impede o homem de manter uma ereção tempo suficiente para uma relação sexual completa.
É um erro considerar que a impotência seja um problema exclusivo de pessoas de idade avançada. Ela pode afetar homens de diferentes faixas etárias. No entanto, com o passar dos anos, aumenta a possibilidade do homem desenvolver algum grau de disfunção erétil.

Mas, quais são as principais causas para este problema e como você pode tratá-lo?

Causas Físicas
É de extrema importância entender o que está causando a disfunção erétil no homem. Em muitos casos, o homem precisa se despir da ideia preconcebida de que impotência é um sinal de falta de masculinidade. Pensamentos assim fazem com que muitos deixem de conversar sobre o assunto e buscar ajuda.

Assim, quais são as principais causas físicas da impotência sexual masculina?

Considere, por exemplo, o diabetes, que é uma doença endócrina. O sistema endócrino é responsável pela produção de hormônios que regulam processos no corpo humano, incluindo a função sexual e reprodutora. O diabetes pode causar danos aos nervos de sensibilidade da região do pênis, bem como prejudicar o funcionamento dos vasos sanguíneos.

Outros fatores físicos que podem desencadear uma disfunção erétil são:

Hipertensão;
Colesterol alto;
Doenças neurológicas (como epilepsia, Alzheimer, esclerose, etc).
Desta forma, fica evidente que uma doença (às vezes, grave) pode estar por trás da disfunção erétil.

Causas Emocionais
Fatores emocionais podem atuar não apenas como coadjuvante, mas também como personagem principal neste problema.

Considere o que está envolvido em uma relação sexual. Para conseguir uma ereção, o homem precisa, primeiramente, passar pela fase da excitação. Esta fase está relacionada a uma resposta emocional. Mas, se o homem possuir alguma desordem em seu circuito emocional, isto pode afetar diretamente sua capacidade de se sentir suficientemente estimulado e excitado. Em consequência, ele pode ser afligido pela impotência.

Alguns problemas emocionais e psicológicos que podem impulsionar a disfunção erétil em um homem são:

Ansiedade;
Depressão;
Estresse.
A impotência, por sua vez, gera estresse e ansiedade adicionais, fazendo com que o problema se agrave. Ou seja, o efeito da disfunção erétil reforça a causa, e assim sucessivamente. Esta ansiedade resultante pode fazer com que o homem não consiga mais ter uma ereção quando está com sua parceira. No entanto, nestes casos específicos, talvez consiga facilmente uma ereção ao se masturbar ou quando está dormindo.

Causas – Uso de Certos Medicamentos
Além disso, é preciso considerar também a possibilidade da impotência ser resultado do efeito colateral de algum medicamento. Alguns remédios podem afetar o fluxo sanguíneo e ser responsáveis pela disfunção erétil. Para citar apenas alguns:

Medicamentos para quimioterapia;
Depressores ou estimulantes do sistema nervoso central;
Diuréticos.
É de suma importância que o homem nunca interrompa o uso de medicamentos sem a permissão do médico, ainda que esteja convicto de que estes são os responsáveis por sua impotência.

Melhor Tratamento Para Impotência Sexual
A disfunção erétil é uma condição tratável. E quando o assunto é medicamento para impotência sexual, a maioria das pessoas o associa aos comprimidos, sendo um deles o famoso “Azulzinho”. No entanto, estas e outras pílulas trazem consigo efeitos colaterais bastante indesejados, como:

Dores de cabeça e musculares;
Visão turva;
Tremores;
Náusea;
Diarreia, entre outros problemas.
Mas há uma eficiente solução medicamentosa que segue em outra direção: o spray sublingual, um aerossol aplicado oralmente.

Devido às características fisiológicas da língua, o spray é rapidamente absorvido para a corrente sanguínea – e isto potencializa sua função. Adicionalmente, os componentes do spray são absorvidos em quase sua totalidade, não sendo necessário enfrentar os complexos processos de metabolismo no fígado.

Outra vantagem de seu uso está na minimização dos efeitos colaterais, bem como em poupar o homem da dependência.

O spray sublingual atua diretamente na corrente sanguínea do pênis, facilitando para o homem conseguir e manter uma ereção. Além disso, ele possui em seus componentes substâncias que repõe neurotransmissores no cérebro, diminuindo a ansiedade do homem e aumentando sua autoestima.

Assim, o spray atua na estrutura física e emocional do homem.

Por meio de aconselhamento médico para identificar as causas, e tratamento adequado com o spray sublingual o homem poderá voltar a recuperar a confiança e sua função sexual ativa.

Preencha nossa Avaliação Online!

  • Tags